Reservas Mahayana & Hinayana

É capaz quem pensa que é capaz.
Buda

Os nomes são em homenagem às duas escolas do budismo – uma religião que tem grande envolvimento com o meio ambiente. O proprietário, jornalista HERÓDOTO BARBEIRO, é budista e foi monge leigo na escola Soto Zen. Sua esposa WALKIRIA DOS SANTOS, é cristã . Por isso existem duas capelinhas, uma católica e outra budista. A propriedade foi adquirida em 1973.

A parte que corresponde à Reserva Mahayana já estava com mata. Desde então nada foi retirado de lá: nem plantas, nem animais. Há uma mina de água que abastece toda a área e que nunca secou. A água, segundo análise, é boa para o consumo.

A área da Reserva Hinayana estava coberta de eucalipto. Quase toda a região produzia madeira para a fábrica de papel da Suzano. Na década de 1990 o eucalipto foi erradicado, parte ocupada pela reserva e parte destinada à estacionamento, plantio e viveiros de plantas nativas.